casa

Cozinha

Mais um daqueles exercícios de texturização e iluminação usando modelos prontos que se encontram aí(ou aqui) pela web.
Dessa vez o barato era usar o Final Gather e o Global Illumination pra iluminar a cena. Os jovens incautos acham ótimo o resultado dessas coisas, mas poucos sabem quando usar, e a maioria usa para ter a desculpa de deixar a coisa renderizando por horas e ir fazer outra coisa. Ô treco pesado!

Imaginei para essa cena uma coisa meio comercial de margarina, com Sol da manhã, pão quentinho e família feliz. O pão eu acabei comendo porque a família feliz foi trabalhar cedo e não tomou café. Mas o Sol está lá.

Também quis fazer alguns materiais básicos da arquitetura com procedurais, sem usar bitmaps. O mármore é um Rock (Softimage XSI) ligado no Diffuse de um Phong com um pouco de reflexão. O vidro é um Phong com transparência controlada por incidência. E o metal é um Phong com um Marble ligado no Diffuse e reflexão alta (hoje acho que deveria ter controlado por incidência também). Só o piso que tem um bitmap com reflexão e um bump bem de leve.

Quanto a iluminação, só coloquei um spot levemente amarelado do lado de fora da janela, a maior parte da claridade vem de uma esfera em volta de toda a cena com um material constant azulado que “dá um clima” quando recebe os raios do Final Gather.

PS.: Me disseram que a madeira sempre é cortada no sentido com menos veios. O que claramente não procede nas pernas das cadeiras. Enfim…

Demo Reel – Modelagem

Ao aprensentar uma coisa 3D é sempre bom, mostrar vários aspectos dela. A não ser que a proposta seja uma imagem estática mesmo. No caso de trabalhos de modelagem, como é o caso até esta data em escala de aprendizado, é melhor ainda apresentar vários pontos de vista do modelo.

Claro que uma boa pós-produção ajudaria a tornar esse video menos medíocre, mas isso é outra estória.

Modelagem – Casa do Zé

O método box modeling, avacalhado no post anterior, é mais indicado na verdade quando a coisa é mais quadradona. Projetos arquitetônicos, desenho industrial (o pinico do Duchamp acho que não…) e coisas onde a curva passa longe.

Porém, o software utilizado nesse caso (Softimage XSI 6.0) não é um primor no que diz respeito à medidas precisas. Nesse caso outros softwares mais específicos podem ser uma opção melhor. Mas dá pra bater um prego até com uma Havaianas branca de sola azul… só vai demorar um pouco mais.

Provavelmente um bom setup de iluminação e shaders faria maravilhas com esse modelo.

O resultado pode não ter sido dos melhores, mas o processo é bem simples e eu já quero fazer o meu apartamento em 3D, a casa da minha vó, a casa da Família Adams, aquela mansão de 25 milhões de dólares que eu vi em algum lugar, até a casinha do cachorro! Alias, preciso comprar uma trena…